Fachada do edifício sede do Departamento de Tecnologia de Alimentos Edifício Beck Andersen. Este prédio, além de possuir gabinetes de professores e laboratórios, abriga a planta industrial do Laticínios Funarbe Entrada do edifício DTA III, onde se concentra a maior parte dos laboratórios de pesquisa Engenharia de Alimentos e Ciência e Tecnologia de Laticínios ganham 5 estrelas no Guia do Estudante Engenharia de Alimentos e Ciência e Tecnologia de Laticínios ganham 5 estrelas no Guia do Estudante

Endereço

Departamento de Tecnologia de Alimentos
Campus Universitário
36570-900 – Viçosa – MG – BR
Tel.: +55 (31) 3899-1756
E-mail: dta@ufv.br

Engenharia de Alimentos

O curso de Engenharia de Alimentos foi reconhecido em 16 de Dezembro de 1980, de acordo com parecer 1181/80 do MEC. A estrutura curricular está se adequando às diretrizes curriculares de ensino de engenharia estabelecidas recentemente pelo MEC. Professores de outras unidades departamentais da instituição estão lecionando diversas disciplinas do ciclo básico e profissionalizante, atuando de maneira integrada com as linhas de pesquisa do DTA.

O Engenheiro de Alimentos é, atualmente, um dos profissionais mais valorizados no mercado de trabalho: ele exerce suas atividades na indústrias alimentíceas, nas empresas de consultoria e projetos e nas instituições de pesquisa e ensino. É preparado para atuar nas áreas de fabricação, armazenamento, transporte e comercialização dos produtos alimentícios, cuidando do processamento de matérias-primas básicas como leite, carnes, cereais, frutas e hortaliças, pescados, óleos e gorduras, açucares, dentre outras.

O curso poderá ser concluído no período de quatro a nove anos, oferecendo ao estudante condições de aprimoramento de seus estudos: existem na UFV setores para estudo e produção como a Fábrica de Conservas Vegetais, a Padaria, a Fábrica de Laticínios, o Laboratório de Carnes e Pescados e os Laboratórios de Amidos, Análise Sensorial, Computação, Embalagens, e Análises Físicas, Químicas e Microbiológicas de Alimentos.

Colocado entre os melhores do país, o curso proporcionará ao estudante conhecimentos que lhe permitirão atuar nas áreas de industrialização de alimentos, planejamento e projetos agroindustriais, análise e controle de qualidade, tecnologia de alimentos e engenharia e bioquímica de alimentos, além de pesquisa em ciência e tecnologia de Alimentos.

Os estágios não são obrigatórios, mas poderão ser feitos nas instalações do Departamento de Tecnologia de Alimentos e em diversas indústrias do país, o que facilita a futura colocação no mercado de trabalho.

Formado, o estudante poderá continuar seus estudos nas áreas de Ciência e Tecnologia de Alimentos, em níveis de mestrado e doutorado, e de engenharia agrícola, em nível de mestrado, na própria UFV.

 

Saiba mais aqui.


Equipe de Desenvolvimento Web/UFV - 2013 - Mantido com Wordpress